domingo, 9 de maio de 2010

Crime ambiental e prisão - Fonte: Diario de Natal

Empresário, comerciante e funcionários são presos por crime ambiental na Grande Natal

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte autuou em flagrante delito nesta sexta-feira (7), um empresário, um comerciante, um operador de máquinas e dois motoristas, todos acusados de crime ambiental praticado no distrito de Aningas, município de Ceará-Mirim/RN.
A operação foi resultante de uma ação conjunta de policiais da Companhia Independente de Polícia Ambiental-CIPAM e de fiscais do IDEMA, os quais se encontravam por volta das 13h naquele local para atender a um outro tipo de ocorrência quando tiveram a atenção despertada para o tráfego intenso de caminhões carregando areia.
A equipe então resolveu seguir um dos veículos e pôde verificar minutos depois que dentro de uma área de proteção ambiental estava ocorrendo a retirada, sem autorização legal, de areia em vários pontos da propriedade e numa extensão aproximada de 1 km entre os barrancos.
No momento em que foram abordados, os homens tentaram dissimular apresentando uma licença simplificada, com validade até 2013, porém o documento fazia menção apenas a lavra de argila ou seja, cascalho, e não de areia fina, como foi constatado.
Presos e levados para a sede da Polícia Federal em Natal, os acusados, foram indiciados em vários artigos da lei que trata de crimes ambientais, além de terem uma pá carregadeira e dois caminhões apreendidos.
Após autuados, ainda na noite da sexta-feira, todos foram postos em liberdade depois do pagamento de uma fiança que junto totalizou R$ 15.500,00 e agora vão responder ao processo na Justiça.



Nenhum comentário:

Notícias da web

Loading...

Pesquisar este blog

Carregando...

Artigos

Gestão do Blog

Minha foto
Militar Estadual - Estudante de Direito - Área da segurança pública.